sexta-feira, 18 de janeiro de 2008

A interminavel busca por essa discutivel perfeição.


Difícil,árduo,angustioso, arriscado, complicado, critico, custoso, delicado,espinhoso, metafisico e sério.Isso quase que define o sucesso que tenho com essa minha diligência.Busco algo que acredito eu, que nenhum ser humano nessa existência conseguiu encontrar.Confesso que alguns chegaram muito perto, mas ainda assim, ninguém conseguiu alcançar a suprema honra de encontra-la e gozar dela em todos os momentos.É claro que para grande maioria não há esta preocupação.Mas pra mim, existe uma obsessão compulsiva que se emaranha entre meus longos cabelos e atormenta a minha fronte.Deixando os meus dias caótico e as vezes cinza, por não conseguir algo tão inatingível.Acordar de manhã e perceber que tenho sentimentos e pensamentos ruins, contraditórios, confusos,mundanos, obscuros e muitas vezes sombrio. Sendo que o ideal seria, dormir e acordar em uma cama de rosas que embalasse sonhos sempre celestiais.Vejo coisas e pessoas se perdendo entre atitudes mesquinhas, egoístas e fúteis.Vejo esses sentimentos descendo pelas pernas da mesa, entrando pelos esgotos, se misturando com as gotas de chuva e fazendo um buraco no sol de uma manhã qualquer de uma segunda feira qualquer.Somos todos imperfeitos. Perfeitamente humanos.Humanos que escondem os seus erros atrás da desculpa de serem humanos.Fácil? Não. Difícil,árduo,angustioso, arriscado, complicado, critico, custoso, delicado,espinhoso, metafisico e sério.Inclusive eu nesta angustia louca de querer quem sabe um dia ser incontestável.Me encontro mais uma vez perdida na desilusão de não ter encontrado este pote de ouro atrás do arco-íris que me libertaria de uma preocupação possivelmente egoísta e covarde de nunca mais ferir ninguém, inclusive a mim mesma.

8 comentários:

luca8perin disse...

It's very nice blog... Enjoy www.bianchi-perin.blogspot.com ! ! ! ! ! ! !

O Véio disse...

Pára, Flávia!!!

Você já é perfeita! Vem agora com modéstia porque??

rsrs

;-)

Adriano Veríssimo disse...

Ahhh!! A busca do invisível, do essencial momentaneo, mesmo que esse momento dure minutos, ele é essencial. Nós, seres humanos, e a busca, a busca...Essa nossa transformação constante não tem fim, e isso é belo.

Obrigado pela visita na minha viagem! Fique a vontade sempre...

Adorei suas terras, voltarei, pousarei sempre por aqui...rs

Beijo e cuide-se

Tio Abe disse...

Flavia, primeiro muito obrigado por fazer parte de um sonho e torna-lo realidade.

Quero dizer que, a nossa única imperfeição é a incessante busca pela perfeição, queremos sempre o bom e o melhor, esquecemos que, os sonhos é que nos fazem viver... enão, vamos continuar vivendo assim, imperfeitos, sem se preocupar com a perfeição... e como diz uma letra de uma música do Vèio: "DEIXE SE LEVAR, PELA MÃO DO MAR, QUE TRANSFORMA ROCHA EM AREIA..."

bjs e sucesso!!!

Droeee disse...

Muito bom, Flavinha!!!

Tio Abe disse...

Vamos falar de música?

Jhow Carvalho disse...

Flávia muito dez o seu blog achei super show sua postagens são muito interessantes, eu adorei as suas fotos

Jhow Carvalho disse...

jObrigado pelo comentário...

Beijos...